Yolanda Queiroz tinha 87 anos (FOTO: Reprodução)

Yolanda Pontes Vidal Queiroz nasceu em Fortaleza. Ao lado do marido, o chanceler Edson Queiroz, com quem se casou aos 16 anos, construiu um dos maiores conglomerados empresariais do Ceará. O Grupo Edson Queiroz, criado há 65 anos, é hoje apontado como um dos 100 maiores do país. o casamento rendeu seis filhos: Airton, Renata, Lenise e Paula, além de Edson Filho e Myra, já falecidos.

Morreu na sexta-feira (17/06/2016) Yolanda Queiroz. Ainda não foi informado o motivo da morte. A viúva do empresário Edson Queiroz, fundador do Grupo Edson Queiroz, tinha 87 anos.

Yolanda, mãe, empresária, empreendedora, vencedora. uma biografia que se confunde com a própria história do desenvolvimento recente do Ceará. Um retrato fiel do espírito empreendedor e transformador do povo cearense. Uma mulher que personificou a característica forte de luta do sertanejo.

Yolanda e Edson consolidaram o sucesso do Grupo Edson Queiroz em vários setores. As empresas contam fielmente a história do crescimento econômico e industrial do Ceará, com destaque para a Água Mineral Indaiá e a Nacional Gás, além da Esmaltec. Da Fundação Edson Queiroz nasceu a Universidade de Fortaleza (Unifor), há mais de 40 anos, um marco na educação e no ensino superior do estado.

A construção do grupo contou com a visão futurista e confiante do chanceler, mas se solidificou com a presença inspiradora e altiva de dona Yolanda. Ao lado dos filhos, administrou a dor, na trágica perda do marido, em 1982, em um acidente de avião. Pouco antes, a família dava início à história de uma das maiores marcas do Ceará, o jornal Diário do Nordeste, uma parte do Sistema Verdes Mares de Comunicação, que hoje reúne emissoras de televisão, rádio e veículos de internet.

O Sistema Verdes Mares traz consigo uma das características mais fortes da personalidade de dona Yolanda. Boa contadora de histórias, comunicativa, autora da própria história. Yolanda, com discrição, foi uma mulher de protagonismo, de poucos holofotes, tinha uma visão iluminada. A continuidade do espírito pioneiro, como marca nos negócios, e a expansão do grupo, gravaram a assinatura de dona Yolanda na vida e no dia a dia de todos os cearenses e de uma parte do Brasil.

Fonte: Tribuna do Ceará, 17/06/2016.

Deixe seu comentário!