Yane Marques, atleta de pentatlo moderno

Yane Marques

Depois do bronze em Londres, Yane Marques trabalha como estagiária em academia

Do NE10 – 20/10/2012
Com informações do UOL

Mais de dois meses depois de tornar-se a primeira pernambucana a ganhar uma medalha olímpica em um esporte individual ao conquistar o bronze em Londres, no dia 12 de agosto, Yane Marques disse, em entrevista ao UOL Esportes, que continua sem patrocínio pessoal e é estagiária em uma academia no Recife.

Yane disse que nada mudou na carreira depois do título histórico para o Brasil, mas o reconhecimento do público aumentou. A renda vem de uma verba recebida do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Exército. Pelo serviço na academia, não recebe bolsa.

A pentatleta, que faz faculdade de educação física na capital pernambucana, cumpre estágio curricular na academia onde treina. Na entrevista ao UOL, disse que, depois de treinar, trabalha na musculação da academia. Segundo Yane, o estágio é flexível, já que pode viajar para competir e depois cumprir as horas em que esteve ausente.

A pernambucana de Afogados da Ingazeira, no Sertão, negocia patrocínios pessoais desde a conquista do bronze, em agosto. Yane espera os resultados e diz que está correndo atrás.

Nome: Yane Márcia Campos da Fonseca Marques

Nascimento: 07/01/1984

Naturalidade: Pernambuco

Modalidade: Pentatlo Moderno

Técnico: Alexandre França

Biografia
Yane Marques começou no Pentatlo Moderno em outubro de 2003 quando seu atual e único técnico, Alexandre França foi transferido pelo Exército para Recife. Na ocasião, Alexandre fundou a Federação de Pentatlo do Recife e Yane foi convidada por Nuno, auxiliar técnico do Nikita Natação, clube onde nadava, para competir Biatlo. A prova selecionaria atletas para integrarem a equipe pernambucana de Pentatlo Moderno.

Yane Marques participou e ganhou a competição e, como combinado, foi convidada a conhecer o Pentatlo Moderno.

“Eu não tinha a menor idéia do que era. Quando fui apresentada à modalidade, achei interessante e desafiadora. Topei de cara.” Diz a pentatleta.

Yane nunca tinha atirado, tão pouco jogado esgrima. Sem nenhuma experiência, iniciou as quatro modalidades (esgrima, equitação, tiro e corrida) e se manteve nos treinos da natação pra cumprir a temporada. Daí em diante, foi melhorando e se apaixonando cada vez mais pelo esporte.

Pernambucana é a única brasileira classificada em etapa da Copa do Mundo de pentatlo moderno

A pernambucana  Yane Marques conquistou neste sábado (26/05/2012) a medalha de bronze na etapa da Copa do Mundo de pentatlo moderno de Chengdu, na China. Esta foi a última competição antes da disputa da Olimpíada de Londres, que começa em 27 de julho. A lituana Laura Asadauskaite conquistou a medalha de ouro na China, e a britânica Heather Fell levou a prata.

Perfil

Yane Marques (Afogados da Ingazeira, 7 de janeiro de 1984) é uma atleta de pentatlo moderno brasileira.

Ganhou o sul-americano de 2006 e a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007, ambos realizados no Rio de Janeiro. Esse último fato a tornou conhecida nacionalmente, devido ao feito alcançado ser em um esporte pouco conhecido pelo público brasileiro. É torcedora do Clube Náutico Capibaribe.[carece de fontes?]

Nome: Yane Marques

Natural: Afogados da Ingazeira, PE

Colocação no ranking brasileiro: 1ª (Dezembro 2010)

Colocação no ranking mundial: 7ª (Dezembro 2010)

Principais conquistas:

Campeã dos Jogos Pan-americano de 2007

18ª colocada nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008

Vice-campeã na grande final das etapas da Copa do Mundo 2009

Vice-campeã militar mundial 2010

Campeã do Pan-americano de pentatlo 2010

Fonte: Wikipédia

Deixe seu comentário!