O NORDESTE / Enciclopédia Nordeste / Bloco Carnavalesco Misto Madeira do Rosarinho

Pesquisar em ordem alfabética

A BC D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Y X Z
  • B

Bloco Carnavalesco Misto Madeira do Rosarinho

  • Tamanho da letra

    Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
  • Imprimir

    Imprimir
  • Enviar por e-mail

    Enviar por e-mail
Voltar
Bloco Carnavalesco Misto Madeira do Rosarinho

Bloco Carnavalesco Misto Madeira do Rosarinho fundado em 7 de setembro de 1926, de uma dissidência do bloco Inocentes do Rosarinho.

Com mais de 20 títulos, entre eles o hexacampeonato, Madeira tem como cores oficiais o vermelho, o branco e o verde.

Seu símbolo é um escudo, assemelhando-se aos clubes de futebol e entre as suas marchas-de-bloco destacam-se "Me apaixonei por você", "Paraquedista" e "Madeira que cupim não rói", esta última de autoria de Capiba, em 1963.

Madeira que Cupim Não Rói
Capiba

Madeira do rosarinho
Vem a cidade sua fama mostrar
E traz com seu pessoal
Seu estandarte tão original

Não vem pra fazer barulho
Vem só dizer... e com satisfação
Queiram ou não queiram os juízes
O nosso bloco é de fato campeão

E se aqui estamos, cantando esta canção
Viemos defender a nossa tradição
E dizer bem alto que a injustiça dói
Nós somos madeira de lei que cupim não rói

Sua sede, com mais de 30 anos e com capacidade para 1,5 mil pessoas, é uma referência para a comunidade do entorno e para a acidade do Recife, funcionando como local de entretenimento, onde são realizados festas e bailes durante todo o ano.

No Carnaval transforma-se em um dos grandes salões do carnaval da cidade, divulgando e perpetuando o frevo pernambucano. No carnaval do Recife, o Bloco participa do Concurso de Agremiações Carnavalescas, sendo Campeão da primeira Categoria 2005 e do Grupo 1 em 2007, desfilando no domingo com 115 componentes.

Nos demais dias de folia, integra a programação dos bairros e pólos descentralizados. Na quarta-feira de cinzas o Bloco realiza o Bacalhau do Madeira, arrastando multidões pelas ruas da comunidade.

Fonte: Magia dos Blocos

Palavras-chave: