Pesquisar em todos os Blogs
Voltar

26.09.2009

PEQUENOS CRIADORES DE BODES E CARNEIROS SE UNEM EM GILBUÉS, MELHORAM GENÉTICA DE ANIMAIS E PASSAM A GANHAR ATÉ R$ 4,5 MIL COM SUAS VENDAS

  • Tamanho da letra

    Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
  • Imprimir

    Imprimir
  • Enviar por e-mail

    Enviar por e-mail
  • 15 Comentários

    Comentários

Efrém Ribeiro
De Gilbués
Fotos de Moisés Saba

Eguinaldo João de Carvalho, de 46 anos, e sua mulher Ivone Evangelista de Lima preparam na fazenda Paraíso, na zona rural de Gilbués, pratos com carne e vísceras de bode. Na mesa estão dispostos churrasco, sarapatel, buchada e a carne cozida. Na frete da casa, duas bandas de bode estão secando em um varal.

Eguinaldo João de Carvalho e Evangelista têm o que comemorar: o sucesso de sua criação de caprinos. Ele vem de uma família de criadores de bodes e cabras, mas que não tinha grande rendimento com essa atividade. Depois de vários cursos de qualificação sobre manejo e alimentação dos animais e organização da cadeia produtiva pela Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Região de Simões, Agência Agropecuária do Piauí (Adapi) e Codevasf (Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco), passou a ganhar dinheiro com a atividade.
"O que nós estamos conseguindo é a melhoria do rebanho", declarou Eguinaldo João de Carvalho, que possui duas fazendas, a Paraíso, em Gilbués, com 58 hectares e 120 cabeças de caprinos e a Piranha, no município de Curral Novo, onde tem 400 hectares de terras e cria 400 animais.

"Quando criávamos nossos animais soltos a mortalidade era muito grande, morriam por causa dos predadores e de causas naturais", falou Eguinaldo João de Carvalho, que se orgulha de seu bode reprodutor Bronso da Austrália, da raça boé, ter conquistado o troféu Reservado Campeão Bode, em um torneio em Araripina (PE) e ter conseguido na Fazenda Paraíso, nos dias 5 a 6 de setembro a 1ª- Feira de Caprinos e Ovinos da Estância Paraíso com mil animais e 30 criadores. Nessa feira, até cursos de professor da Universidade Federal do Piauí foi oferecido aos do criadores.

Eguinaldo José de Carvalho acredita que está com um faturamento de R$ 4,5 mil por mês com a venda de animais para o abate e alguns para reprodução.
Essa nova realidade está beneficiando os 34 associados da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Região de Simões, que têm 5 mil cabeças. A maioria deles cria uma média de 100 a 50 cabeças de caprinos e ovinos e ganham uma média de R$ 750 mensais, dinheiro que nem pensavam em ganhar antes da organização da cadeia produtiva.

"Antes a criação de carneiros e bodes só dava dores de cabeça porque ficavam magros na seca ou morriam", fala a tesoureira da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Região de Simões, Ana Maria Conceição Silva, a única mulher do grupo.

O técnico da Adapi e agente de desenvolvimento rural Vicente Amorim Filho, de 51 anos, disse que está funcionamento em Simões a Unidade de Transferência de Tecnologia (UTT) no meio da mata em Simões para transferir os conhecimentos e técnicas de manejo de caprinos e ovinos, além de um Banco de Proteína para alimentação balanceada dos animais.

A UTT funciona na casa do agricultor e criador de ovinos e caprinos Francisco Ramalho de Araújo, o Tico de Bial, que possui 65 ovelhas e 35 caprinos. A Unidade de Transferência de Tecnologia é uma área coberta de sete por 11 metros, um curral todo demarcado por várias divisões que servem como cabriteiro (onde ficam os cabritos), área para o desembarque dos animais, para as fêmeas paridas e até uma área para os carneiros e bodes solteiros.

"O curral dividido para o correto manejo dos animais é uma defesa para evitar que os animais se criem soltos, perdendo peso e sem uma boa alimentação", afirma Francisco Ramalho, que relata a sua experiência para outros criadores em cursos e palestras proferidas por Simões e putras cidades da região.

Ele está atualmente cuidando de dois carneiros para que não saiam com as mães por seu terreno. "Elas vêm amamentar seus filhotes e eles n"ao correm o risco de ser mortos pelos predadores como os cães, ficarem deitados em uma sombra de árvore e não acompanharem as mães ou virarem doentes porque comeram e a alimentação é fermentada pelo sol e terminam doentes", falou Francisco Ramalho.

MORTALIDADE DE CAPRINOS E OVINOS CAI PARA ZERO


Efrém Ribeiro
De Simões

Antes da aplicação correta do manejo, a mortalidade dos caprinos e ovinos da zona rural de Simões era de 15%. Agora essa mortalidade está chegando a zero.
Vicente Amorim Filho diz que o Banco de Proteína tem plantados palmas e a planta linhaça ou leucena . É um hectares de leucena e 1 hectare de palma. Francisco Ramalho aproveita a área de três hectares para plantar milho entre as plantações de leucena.

Vicente Amorim Filho explica que a leucena é podada de um metros para cima, para que rebrote. Os galhos e as folhas são triturados e serve como alimentação porque no período seco os animais encontram folhagem seca que ser como bucha e volume para matar a fome, mas não tem riqueza nutricional e vitaminas.
A palma é arracada e colocada para secar por três dias na sombra para que possa perder parte de sua água. Na seca, a palma oferece água e fibra para os animais, mas eles não podem comer elas sem a devida secagem porque podem sofrer desidratação.

O resultado de todos esses cuidados é que antes um cabrito de um ano quando era levado para o abate tinha 10 quilos. Hoje, um cabrito com 120 dias de existência pesa 15 quillos. "Está aí a diferença na produção e nos lucros", define Vicente Amorim Filho.

Fonte: Meio Norte - 24/9/2009


MELHORIA GENÉTICA DO REBANHO

Palavras-chave: Pecuaria, Piaui, Negocios

Comentários

ana paua
Comentou em 09/07/2013 às 20:05:37


ola, sou do sertao e gostaria de saber qual a melho raça para criar aquim ? aguardo noticias.
vinicius napoleao
Comentou em 21/05/2013 às 14:34:49


ola sou do maranhão e tenho um terreno e vou comerça a cria caprinos da raça anglu nubiano e canider gostaria de receber informaçoes sobre essas raças. Aguardo noticias
matheus martins teodoro
Comentou em 14/05/2013 às 18:12:00


eu queria saber porque as minhas cabras nao ficão prenhas seno que o reprodutor fican com elas
anailson ferreira
Comentou em 01/12/2011 às 00:11:34


olar amigo estou querendo começa uma criação de carneiro Santan Inês moro em São Luis-MA,pois gotei muito de suas informações estou querendo informações sobre a cria e recria dencarneiro grato e agradeço muito ok.
edson viana
Comentou em 15/03/2011 às 13:29:29


boa tarde, tenho uma pequena criaçao de bode na cidade de simplicio mendes piaui mas a seca é grande e os bodes nao engordam o suficiente para o abate o que eu poderia faze para melhorar esta situaçao, e aumentar o meu rebanho. obrigado
SAULO BARROS
Comentou em 08/02/2011 às 11:54:04


Gostaria de saber dos preços.
jose ribamar batista sa
Comentou em 23/01/2011 às 11:56:09


gostaria de saber sobre vendas de animais e os precos.
Riomar Santos
Comentou em 23/09/2010 às 20:11:22


Gostaria de receber mais informações sobre a criação de caprinos, tenho planos de iniciar uma criação.
antonio nunes neto
Comentou em 23/08/2010 às 15:24:34


bom dia gostaria de receber como começao criaçao de ovinos tenho pastagem irrigada
José dos Santos Cavalcante
Comentou em 05/08/2010 às 15:16:05


Gostaria receber por E-mail informações sobre criaçao de caprinos.Grato!
jocemario alvares
Comentou em 21/06/2010 às 10:54:35


ola bon dia gostaria de saber mais sobre a criaçao de bode eu crio santo ineis mas prefiro o boe estor min adaptando para comersa a cria e gostaria mais informasoes sobre o boe muito obrigado
Adilson Alves da Silva
Comentou em 30/05/2010 às 13:41:40


preciso de informaçãoes sobre criação de ovinos,manejo,melhor capim etc.se as informações for um curso em dvd,informe os custos para o cep: 45600-485. Tenho um reprodutor da raça Dorper e duas matrizes, as outras da raça Santa Ines, meu capim aqui é o braquiara e algumas variedades espalhadas no longo da fazenda.de antemão agradeço a atenção prestada.
dinha
Comentou em 13/05/2010 às 09:18:02


quero dar inicio a uma criação de caprino mais preciso saber de quatos mas ou menos vou gastar
MAIKO SUELL
Comentou em 07/05/2010 às 21:02:02


Quero começar uma criação de caprinos e ovinos,onde posso obter informais sobre a compra ,manuseio,criaçao do mesmo.
CARLOS HENRIQUE TRAVASSOS
Comentou em 12/03/2010 às 15:56:11


GOSTARIA DE FICAR INFORMADO DE TUDO SOBRE CAPRINOS.

Deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

URL:

Twitter:

Comentário

Voltar